O nosso Caminho

Conceito de Negócio e Comércio

Um negociante é um homem que merece aquilo que adquire e não dá, nem toma, aquilo que não é merecido. Ele não trata os homens como senhores ou escravos, mas como pessoas iguais e independentes. Ele trata com os homens por meio de uma troca livre, voluntária, não-forçada e não-coagida — uma troca que beneficia ambas as partes por seu próprio julgamento independente. Um comerciante não espera ser pago por suas negligências, mas por suas realizações. Ele não transfere a outros o peso de seus fracassos e não hipoteca sua vida em garantia pelo fracasso de outros.

Coordenadas de ação

O tempo é superior ao espaço. A unidade é superior ao conflito. A realidade é superior à ideia. O todo é superior à parte.

Autenticidade

A proposta de investimento formulada às partes pertence à cultura de serviço e liberdade interna, em oposição à cultura de acumulação de capital e falsidade na comunicação.

Concordar

Quem aprova os próprios interesses legítimos?  O que é justo para duas partes diferentes?  Como você constrói um relacionamento estável e confiável?

NÃO é o poder.
SIM é unir as forças positivas. Interesses e culturas devem colaborar e preservar suas tradições, viver sua identidade e suas leis.

Responsabilidade

As operações específicas são decisões tomadas por cada parte e comprometem toda a organização.  Não são tomadas apenas por uma task force ou equipa de vendas para a aprovação dos seus chefes.